Voando de EasyJet da Suíça pela Europa

agosto 3, 2017

A EasyJet é uma das pioneiras em viagem de avião de baixo custo (low cost) aqui na Europa. De uns anos pra cá ganhou muita popularidade por ter um serviço de boa qualidade, mesmo sendo de baixo custo, e oferecer vários trajetos muito desejados entre os viajantes.

Mas afinal, o que faz uma companhia aérea ser low cost? Uma série de fatores ou a ausência deles ou tornar o serviço opcional, variar o valor da passagem bastante conforme o período de demanda, tudo isso termina variando demais o valor final de uma passagem. O que não significa que mesmo sendo EasyJet um trajeto muito popular no verão não vá ter um valor tão alto quanto o de uma companhia aérea normal. Sim. Mas a variação dos preços significa também que se voce conseguir comprar uma passagem mesmo para um destino popular em alta estação com antecedência, vai conseguir um bom preço.

Aqui na Suíça há 3 aeroportos principais: o de Zurique, que é o maior e mais utilizado, o de Genebra, e o de Basel, que é dividido com a Alemanha e França. A EasyJet opera geralmente em aeroportos que não são os principais aeroportos do país ou cidade. Então a maior operação da EasyJet aqui na Suíça funciona em Genebra e em Basel. Há vôos de Zurique também mas apenas recentemente abriram vôos para cidades/países diferentes além de Londres. Então atualmente há vôos de Zurique para a Alemanha, França, Itália, Holanda, Portugal e Inglaterra pela EasyJet, ainda numa tabela de horários bem restrita.

A maior oferta da companhia na Suíça é então mesmo por Basel ou Genebra, apesar de não haver vôos diretos daqui para todas as localidades que a EasyJet trabalha. Mesmo assim dá pra aproveitar bem as ofertas deles. Eu como já voei bastante com a EasyJet e recentemente fomos para Montenegro voando EasyJet para Dubrovnik, e vamos viajar de novo em breve, resolvi escrever esse post, já que muita gente que não tem costume de viajar low cost que chega aqui termina não sabendo direito como ela funciona.

BAGAGEM

O primeiro e mais importante fator da EasyJet e de todas as empresas low cost é o fator bagagem, não é mesmo? Afinal mesmo que seja uma viagem curtinha de fim de semana, todos precisamos levar algo na mala. E por isso mesmo há a opção de incluir bagagem/despachar bagagem ou não. O preço “normal” de uma passagem EasyJet é sempre sem bagagem. Para incluir bagagem, durante o processo de compra do bilhete, voce pode incluir um (ou mais) volume de bagagem que não pode ultrapassar 20kg, e dependendo do trajeto, um valor.

Incluindo no valor básico da passagem está apenas a bagagem de mão que pode ser uma malinha dessas de cabine que não tem limite de peso mas tem limite de medidas. Geralmente em aeroportos há aquelas cestas como exemplo onde a sua bagagem de mão tem que caber ali dentro, se não entrar ali não pode levar como bagagem de mão. Isso ajuda na hora do checkin quando o passageiro diz que dá, e a atendente diz que não dá. É só colocar lá na cesta pra ver se cabe e resolver tudo de uma vez.

A bagagem de mão não pode ultrapassar 56 x 45 x 25 de dimensão incluindo rodinhas, puxador, tudo que a mala incluir. E isso é tudo de bagagem de mão, não pode ter bolsa extra. Então se voce tiver uma malinha e uma bolsa, na hora de embarcar tem que por a bolsa dentro da mala senão voce estará com 2 bagagens de mão. Existe uma espécie de cartão fidelidade da EasyJet que voce paga uma anuidade e pode viajar com 2 bagagens de mão, mas só vale a pena fazer se voce viajar bastante de EasyJet num ano.

ASSENTO

Para escolher o assento que você quer sentar no avião voce também paga extra. E dependendo se for mais na frente ou do meio pro final o valor também varia. Se voce não reservar assento, tem que viajar no assento que for designado para voce no checkin, e se tiver viajando junto com outra pessoal, provavelmente vão ganhar assentos separados. Ah, e a poltrona da EasyJet não inclina, então atenção para o conforto em voos longos!

LANCHES E REFEIÇÕES

Isso aí é fato: qualquer vôo da EasyJet, não há lanches nem muito menos refeições inclusas no preço. O serviço de bordo durante o vôo é todo por fora. Há um cardápio na frente da sua poltrona e lá estão as opções de lanches oferecidas no vôo. Todas pagas e não é baratinho não.

E não há assim uma refeição refeição propriamente dita, é no máximo um sanduichinho mais elaborado semi-pronto e esquentado na hora. Então tem que ficar atento pra não pegar um voo em hora de almoço ou jantar e esperar pra comer no avião. Eu costumo levar lanches pra comer no vôo se demorar mais de 2 horas, mas da última vez não me preparei e terminei pedindo algumas coisas para forrar o estômago.

VIAJANDO COM CRIANÇA

Quanto a isso, há regras que são padrão da aviação em geral, independente se a companhia aérea é low cost ou não. Valores de passagem geralmente segue o padrão normal. Bebes até 2 anos não pagam passagem mas também não têm assento, viajam no colo dos pais e usam o cinto de segurança de bebe acoplado ao do adulto. Acima de 2 anos até 15 anos, paga-se quase o valor integral da passagem e tem um assento normal.

Adultos viajando com criança até 5 anos têm prioridade no embarque. E podem também levar carrinho de bebe sem custo adicional! Mesmo sendo low cost. Aliás não só carrinho de bebe, cama de viagem, cadeirinha de carro e aquelas bolsas de carregar bebe nas costas, sabe, tudo pode ser levado na viagem sem pagar a mais e sem ser considerado este item a bagagem de mão que voce tem direito.

E no caso de você escolher não reservar assento e pagar extra por isso, a sua criança não poderá viajar separada de voce, ou seja, é problema da EasyJet arrumar pelo menos 2 poltronas juntas para voces, mesmo que voce nao tenha pago a reserva de um lugar de sua escolha. Já se forem 2 adultos e uma criança, é provável que a EasyJet não consiga as 3 poltronas juntas, e nem têm a obrigação. Mas 2 sim.

DICAS EM GERAL

Tendo viajado já um bocado ou pelo menos o suficiente para entender a logística e o esquema de como eles funcionam, sinto que há alguns pontos para ficar ligado viajando de EasyJet para não cair em furada, pagar barato por uma passagem e ter tanta coisa escondida que voce não sabia direito como era, e terminar trocando gato por lebre.

AEROPORTOS

Primeiro que assim, como eu disse, eles operam em aeroportos que não são os principais da cidade. Então fique atenta a isso, pois você pode comprar uma passagem para Berlin, por exemplo, e o vôo ser para o aeroporto secundário de Berlin que é mega longe de tudo, e chegando lá voce vai ter que gastar uma nota de taxi ou de transfer para chegar até o centro. Eu se não conhecer ainda o aeroporto que estou indo, vejo sempre no Google Maps a distância pra onde eu vou. E ultimamente sempre organizo transfer que nos buscam já no aeroporto, já com preço acertado antecipadamente, pra não ter que ficar me descabelando pra entender o sistema de transporte da cidade estando com o Edi, mala, etc. Então tem sido mais prático, mas claro, há um custo.

DESTINOS

Apesar da EasyJet trabalhar com destinos super populares no verão europeu que bombam como Croácia, Grécia e Chipre, dependendo da origem do seu vôo, não há vôo a todo horário. Como eu disse, aqui na Suíça, os horários dos vôos são bem restritos, então se voce quer viajar por exemplo para Lanarca, no Chipre, fique ligado nos dias oferecidos pela EasyJet porque só há vôo 1 vez por semana, então você tem que passar pelo menos 1 semana lá.

Há também destinos que só funcionam por um tempo determinado: apenas em alta estação ou dependendo da demanda. Então vale a pena pesquisar pra ver se o destino que voce quer ir é oferecido naquele período de tempo que voce quer viajar.

HORÁRIOS

Os horários também são uma tortura. Eu não sei como é o esquema de horários versus preços nos aeroportos, mas sei como viajante e passageira que voos em horários terríveis são mais baratos que vôos no meio da manhã ou no meio da tarde. Então a EasyJet sendo baratinha tem muuuuitos voos 6h da manhã e 10h da noite. Isso pode ser perigoso porque aqui na Suíça por exemplo, um vôo saindo de Basel as 6 da manhã, é impossível chegar a tempo para quem já não está em Basel, e dependa de transporte público já que os primeiros trens do dia começam a andar às 4:30, 5 da manhã. Considerando que voce tem que estar no aeroporto com 2 horas de antecedência… já viu ne.

E outra. Vôos da EasyJet são todos organizados de maneira que o avião vem de um destino, vá para outro, vá para outro ainda, tudo num dia só. Isso quer dizer: atrasos. Sempre há atrasos se um avião vai parar em 3, 4 outras cidades antes de chegar na sua de onde você vai pega-lo então voos no fim do dia geralmente estão atrasados. Mais um alerta porque voos chegando aqui na Suíça muito tarde significa não ter mais transporte público depois da meia noite, 1 da manhã dependendo se for fim de semana e pra onde voce vai, então cuidado para não ter seu voo atrasado, chegar no seu destino e não ter mais opção nenhuma de como sair do aeroporto!

No geral eu até gosto da EasyJet. Já economizei muito em viagens viajando com eles, acho uma ótima opção pelo menos ter essa opção pra quem não precisa de um serviço 5 estrelas como o da Swiss e não quer pagar tão caro. Mas como tudo na vida há alguns porems. E é importante conhecer bem como ela funciona para não ter surpresas depois e terminar transformando uma viagem que sempre deve ser algo bom, feliz e tranquilizante em uma lembrança horrível apenas porque voce não sabia disso e daquilo. E aí depois não adianta falar mal ne.

Comentários Facebook

Related posts:

Comments are closed.